segunda-feira, 21 de março de 2011

O Sistema político atual no país, só possibilita a corrupção e os abusos !!


Ophir Cavalcante, presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), é cético em relação ao compromisso dos parlamentares de votar a reforma política ainda neste ano. Nem eles acreditam nessa promessa , afirmou. Para o presidente da Ordem, que esteve em Curitiba durante a semana, uma mudança efetiva no sistema político só ocorrerá se partir da sociedade, como a proposta da Lei da Ficha Limpa. O sistema hoje não é bom e só possibilita a corrupção, o abuso do poder econômico e político , disse.


A Ordem lidera ainda um movimento em defesa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que teve julgamentos revistos pelo Supremo. De acordo com Cavalcante, isso não representa um afrontamento às decisões da corte. Significa que o STF precisa ser alertado de que efetivamente o CNJ tem um papel constitucional de representação da sociedade brasileira no controle social do Judiciário e a sociedade quer que isso continue , afirmou. Ophir Cavalcante esteve em Curitiba para o lançamento do 21.ª Conferência Nacional da OAB. O evento, que ocorrerá entre 20 e 24 de novembro, terá como tema Liberdade, Democracia e Meio Ambiente .

Nosso Ponto de Vista:

Nosso caro Presidente da OAB nacional tem toda razão ao dar estas palavras à Revista Eletrônica Colunex (http://www.consulex.com.br), pois infelizmente, nossos políticos, não estão nem um pouco interessados em tais reformas, isto porque seriam prejudicados, em algum momento, em seus interesses escusos a sociedade.

Já está passando o momento de nos mobilizarmos em favor da Reforma política e tributária, pois somente assim, tais promessas políticas sairão do rol das expectativas futuras para se tornarem realidade.


Aproveitando a oportunidade para reforçar tal comentário, neste Domingo (20/03), no Programa "Domingo Espetacular", assisti a uma reportagem sobre a corrupção e utilização de bens públicos em uso pessoal de vereadores e prefeitos, e infelizmente, não me espantou o que vi. 


Os absurdos mostrados, relatam a mais pura realidade, encontrada no País inteiro, basta andar nas cidades interioranas dos estados, aqui no MS onde moramos é assim, desconheço uma cidade que não haja abusos.


Creiamos em dias melhores, e enquanto isso, plantamos as sementes, esperando bons frutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário